fbpx
i9TV
Share
//Descubra como usar o tripé de formas dinâmicas!

Descubra como usar o tripé de formas dinâmicas!

Quem já pensou em explorar o seu tripé além do método “padrão”? Será que é possível alcançar imagens fantásticas sem resultar em amadorismo ou desastre? Descubra como usar o tripé de formas dinâmicas neste blog.

Existem diversas possibilidades de usar o seu tripé de forma sucessiva e em segurança. Há um leque de movimentos de câmera criativos possíveis de alcançar, ultrapassando as fotos estáticas ou os whip-pans mundanos. Repare nas seguintes dicas e truques que preparamos para você!

Movimento de Travelling

Você pode realizar o movimento de travelling com duas opções:

  • Posicionar o seu tripé com duas pernas em cima de um pano largo, servindo de apoio para sustentar o peso enquanto a terceira perna serve como extensão para puxar. Realizando assim, um rastreamento para trás.
  • Posicionar o seu tripé com as 3 pernas sob um pano largo (podendo colocar mais algum peso no gancho central no tripé se houver necessidade) e amarrar uma corda no tripé para arrastá-lo como se estivesse andando para trás. Criando assim, um efeito de slide.

Movimento Tilt

Você pode realizar o movimento de captar uma imagem para cima ou para baixo, com a mão livre ou no tripé mesmo.

  • Com a mão livre: fixe duas pernas do tripé no chão sem travá-las, mas afrouxe a trava de inclinação para brincar c/ a gravidade enquanto a perna da frente ficará guardada e travada; regulando conforme a sua preferência. O intuito é abaixar e levantar de forma que deslize suavemente. Esse movimento vale também para uma câmera posicionada de lado.
  • Com o tripé fixado: trave a alavanca do movimento horizontal da panorâmica e libere o movimento vertical do tilt.

Corpo Livre

Esse é um dos métodos mais populares, que é quando o tripé fica preso ao corpo e é possível se movimentar com mais desenvoltura. Mas iremos um pouco além do básico.

  • Apoie o tripé sobre o seu ombro, posicionando duas pernas acima do ombro e uma perna rente ao corpo (seja as duas pernas num ombro ou uma perna de cada lado). O intuito é estabilizá-lo para ter firmeza em se movimentar, assim como pode inverter também: uma perna do tripé no ombro enquanto segura duas pernas rentes ao seu corpo.
  • Dica: antes de se movimentar, trave os botões de panorâmica e inclinação, esteja com as pernas sempre firmes e pendure a alça no ombro.

Plano Plongèe

Para alcançar esse método de enquadramento, onde a captação de um objeto é realizada do alto, temos opções:

  • Sobre o topo de uma escada, deite o seu tripé (esticado e comprimido) no degrau superior e prenda-o para garantir segurança. Capte imagens do alto, seja de um objeto próximo ou à longa distância.
  • Contra uma parede, é possível posicionar o tripé (que possui alimentação de borracha) com os pés apoiados na parede; literalmente de lado e amarrá-lo com uma corda (para garantia de segurança). Assim, poderá obter imagens de uma altura considerável com firmeza.

Contra Plongèe

E aquelas imagens que lembram uma Go Pro escondida? Também é possível realizar por aqui.

  • Prepare uma base no chão com caixas, sacos de areia ou objetos de pelo menos 20 cm de altura e deite o seu tripé de forma firme. Libere a trava de movimento da câmera para movimentar em até 180 º, por exemplo: um sk8tista realizando uma manobra ou saltando por cima da câmera.
  • Você também pode usar apenas duas pernas do tripé apoiadas em uma almofada cada, de forma que tenha a opção de iniciar uma captação à partir do chão até dar 180 º no final do contorno.

Mais algumas dicas:

  • Se atente à configuração do seu tripé e onde ele será posicionado. Sob um lugar plano ou estreito? Sob um piso firme e estável ou um piso incerto e instável? Acertado disso, passe para a nivelação.
  • Utilize do nivelador de bolha para ajustar a nivelação da base do seu tripé. Um truque prático, é apontar a sua bolha para um lado e ajustar uma perna e já centralizar a bolha em outra perna. Assim ajustará simultaneamente duas pernas sem a necessidade que sejam as três.
  • Vire o estabilizador do tripé de cabeça para baixo para alcançar imagens dinâmicas de baixo ângulo.

E para encerrar, quem é apaixonado por usar elementos que causem um belo desfoque na composição da imagem — como por exemplo alguma folha de planta ou pena —, você pode prender um objeto na manopla e ajustar conforme encaixar melhor na imagem.

Explore a sua criatividade, ouse arriscar!

E então? O que achou das nossas dicas? Esperamos ter agregado e te encorajado a ir mais além!

Visite também a nossa loja.

DESCUBRA MAIS!!

  • 0 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nosso Instagram 04.

Contato
Fechar
Top